Você está em apuros em relação aos famosos enjoos da gravidez? Infelizmente não há um método que acabe com eles, mas existem truques para minimizá-los e melhorar a sua vida enquanto não chega o  dia tão esperado.

 

Salientamos antes de tudo que, se as náuseas e os vômitos forem constantes, a orientação médica é necessária.

 

Alimentos mais frios ou em temperatura ambiente: Consumir alimentos frios é uma boa alternativa para reduzir o enjoo, isso porque quanto menos aquecidas, menos cheiro exalam as comidas. E, em geral, comidas e bebidas frias têm mais chance de parar no estômago.

 

Refeições frequentes e pequenas:  Fazer mais refeições faz com que seu estômago esteja sempre “cheio” e diminua a sensação de náusea,  isso porque o estômago vazio propicia e piora a sensação. Comer alimentos menos condimentados e ricos em proteínas, bons para combater o enjoo, isto é, fique longe de comidas muito fortes, ácidas ou gordurosas, porque elas podem irritar o seu estômago.

Ficar longe de comidas e odores que façam você sentir náusea: Se, por um acaso, tudo o que vir pela frente provocar enjoo, não se preocupe muito neste momento com a “alimentação ideal da grávida” e coma somente aquilo que apetecer. É melhor se alimentar com algo que fique no estômago do que comer o almoço perfeito e depois vomitar. Quando estiver mais disposta, você poderá se concentrar em uma dieta saudável e balanceada.

Manter algo  sempre mão: Pode até ser dentro da bolsa ou da gaveta do trabalho. Bolachas simples, barras de cereais e torradas são boas opções que não exigem geladeira.

 

Incluir gengibre na alimentação: Pesquisas mostram que o gengibre ajuda a acalmar o estômago. Você pode cortar fatias ou ralar o gengibre para fazer um chá. Balas de gengibre também servem. Mas não exagere, os efeitos do excesso de gengibre na gravidez ainda não são conhecidos.

 

Limão: O cheiro de um limão cortado pode ajudar a amenizar a náusea. Você também pode tomar chá gelado com limão ou colocar rodelas de limão na água com gás.