Smash the cake e o registro de um momento mágico

funny playing baby
Meu bebê cresceu. Está na hora de tirar as fraldas?
23 de maio de 2016
1
Curso para gestantes na Baby’s
23 de maio de 2016
3

O primeiro ano de um bebê é um período mágico: novas descobertas, sorrisos, beicinhos… Não há pai ou mãe que não queira eternizar esses momentos e a fotografia é uma grande aliada para isso. Muitos pais optam por registrar mês a mês o desenvolvimento de seu bebê. Porém o ensaio de um aninho ganhou há algum tempo um componente especial: o Smash the Cake.

Surgido nos Estados Unidos, o ensaio faz com que literalmente o bebê “esmague um bolo”. O fotógrafo capta, a partir daí, a sensação que o pequeno tem ao experimentar pela primeira vez algo realmente doce. Quanto mais lambuzado o bebê estiver, com o rosto, as mãozinhas e até o corpo coberto de doce, melhor. A diversão que vem desse momento garante cliques espontâneos e mágicos, certamente uma excelente pedida para o registro do primeiro aninho.

Mas como fazer com que a criança aproveite esse momento, fazendo com que isso se reflita nas fotos? A fotógrafa Larissa Bordignon explica que o importante é que o bebê esteja tranquilo. E, para isso, é fundamental que a pessoal que vai acompanhar o ensaio, seja a mãe ou o pai, também esteja. “Criança a gente não dirige, ou seja, nem sempre ela sorri quando a gente quer ou faz os gestos que a gente espera”, explica Larissa. Algumas mães, relata a fotógrafa, ficam um pouco ansiosas, esperando por sorrisos largos dos seus bebês, algo que nem sempre vem com facilidade. “É preciso conhecer e respeitar os limites de cada criança”, enfatiza Larissa.

Além disso, o bebê precisa estar descansado. Em geral, segundo Larissa, o ensaio dura entre uma hora e uma hora e meia. Mais do que isso muitas vezes se torna improdutivo, porque a criança se cansa e pode até chorar.

Portanto, é importante ter paciência. “A criança precisa primeiro se ambientar. Muitas vezes ela não conhece o fotógrafo ou o ambiente onde está”, destaca Larissa. Especificamente no caso do Smash the cake, algumas vezes a criança não aceita de imediato o contato com o doce. “Cada bebê reage de um jeito. Alguns demoram, ficam em dúvida se realmente podem fazer isso, ao passo que outros já caem de imediato sobre o bolo”, relata.

Mas é justamente essa espontaneidade infantil que dá o toque mágico às fotos. “No primeiro ensaio do Smash the Cake que fiz, eu chorei. Foi muita emoção. Ver a criança em um momento de descoberta, de novas sensações é sempre muito emocionante”, conta a fotógrafa. Uma emoção eternizada e certamente muito doce.

Larissa Bordignon Fotógrafa de Smash the Cake

Larissa Bordignon
Fotógrafa de Smash the Cake

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *