A importância de doar leite materno, um ato que salva vidas!

menino-menina
É menino ou menina
7 de agosto de 2017
babe
Cuidados no inverno com o bebê
7 de agosto de 2017
Untitled-2

O leite materno contém todos os nutrientes necessários, inclusive água para o bebê ser saudável nos primeiros anos de vida. É rico em anticorpos, o que previne uma série de doenças, principalmente respiratórias e digestivas. O Banco de Leite Humano é aberto a toda comunidade. Qualquer mulher que esteja amamentando e que precisa de ajuda neste processo ou que deseja doar seu excedente de leite, pode procurar o banco. Um pote de 300ml de leite humano, por exemplo, pode alimentar até 10 recém-nascidos internados.
As mamães que estão amamentado, com excedente de leite e que seja saudável pode doar, mas não pode ser fumante, usuária de álcool ou drogas.
Para se tornar doadora, a mamãe tem que se cadastrar no Banco de Leite Humano, trazendo seus exames do pré-natal para avaliação. Após o cadastro, o leite pode ser coletado no Banco de Leite ou em casa, seguindo orientações recebidas.
O leite será analisado físico, químico e microbiologicamente, passará pelo processo de pasteurização e somente após, será utilizado para os bebês internados.
Após este processo recebem o leite, bebês internados na neonatologia, cujas mães não produzem leite em quantidade suficiente ou não poderão amamentá-los. A maioria destes bebês é prematuro. Lembre-se: a doação do excedente de leite não diminuirá a sua quantidade de leite. Quanto mais leite “sai” da mama, mais a mama irá produzir.
Recipiente para coleta: frascos de vidro com tampa plástica (sem o papelão do interior da tampa). Este frasco deve ser lavado com água e detergente neutro. Ferver o vidro e tampa por 15 minutos. Deixar secar naturalmente, emborcado em pano limpo.
Se for utilizar esgotadeira para retirar leite, deve passar pelo mesmo processo. Após esgotar a mama (retirar o leite), o frasco deve ser armazenado no freezer, etiquetado com identificação do nome, data e hora da 1ª coleta.
As próximas ordenhas podem ser feitas com o auxílio de uma xícara limpa e fervida previamente. Junte o leite coletado ao leite pré-congelado.

Cuidados no momento da ordenha (retirada) do leite e armazenamento:

Lavar bem as mãos e antebraço;
Retire adornos, proteja a boca e o nariz com máscara ou pano limpo;
Prenda os cabelos com touca ou uma toalha;
Lave as mamas com água e retire as primeiras gotas e/ou jatos de leite, desprezando-os.

Por que não usar chupetas ou mamadeiras? 

Porque costumam modificar a forma do bebê sugar no peito, o que pode levar ao desmame precoce. A amamentação auxilia no desenvolvimento da musculatura facial e arcada dentária, o que pode ficar prejudicado com o uso de bicos e mamadeiras. Usar estes utensílios também aumenta a chance da criança contrair infecções, seja pela contaminação dos mesmos, como a forma inadequada de respirar o que facilita o aparecimento de doenças
respiratórias.

Após a coleta, o que fazer:

O leite pode ficar armazenado até 15 dias no freezer e/ou congelador.
O leite deverá ser enviado para o Banco de Leite Humano no máximo até o 10º dia. O leite deverá ser transportado congelado em isopor ou caixa isotérmica, limpos e íntegros, sem gelo até o Banco de Leite Humano o mais rápido possível. A Santa Casa tem parceria com os Bombeiros e o Rotary que fazem a busca do leite na casa da doadora, caso necessário.

Cuidados que facilitam a amamentação

Procure manter-se relaxada ao amamentar: fatores como o estresse, medo, ansiedade dificultam a amamentação;
Mamas muito cheias podem tornar-se difíceis para o bebê sugar, o que pode ocasionar o aparecimento de lesões mamárias (rachaduras ou fissuras);
Ofereça com mais frequência o peito ou extraia o excedente de leite para evitar o engurgitamento mamário que pode evoluir para mastite;
Às vezes o bebê não está “pegando” corretamente o peito, podendo ocasionar as “fissuras”. Estimule-o a abocanhar quase toda a auréola, para não sugar somente no mamilo. Após o nascimento, os bebês mamam com muita frequência. Não imponha horários fixos, nem limite o tempo do bebê sugar o seio. É importante que ele esvazie bem uma mama para depois passar para a outra. O leite do final da mamada é rico em gorduras que vai fazer com que ele ganhe peso adequadamente e fique saciado.

Local para doação:

Banco de Leite Humano
Localização: 1º andar do Hospital Santa Clara, junto à Maternidade Mário Totta
Horário: diariamente das 7h às 12h e das 13h às 18h30, inclusive nos sábados, domingos e feriados

Banco de Leite Humano
Rua Prof. Annes Dias, 135 – Centro – Porto Alegre/RS
e-mail: blhsantacasapoa@santacasa.tche.br
Informações: 3214.8284

Untitled-2Doar leite materno salva vidas, principalmente de bebês prematuros que não podem se alimentar do leite de sua mãe. Hoje no país existem 221 Bancos de Leite Humano e 199 postos de coleta. Em Porto Alegre, o Banco de Leite Humano do Hospital Santa Casa é referência no assunto. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o aleitamento exclusivo, sem complementar com nenhum alimento ou líquido, até o 6° mês de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *